Definições de termos

É importante definir todos os termos centrais de sua pesquisa e mostrar a seu leitor ou sua leitora que você sabe do que está falando. Para isso, recomendamos agir com precisão e simplicidade, sem enfeitar ou obscurecer aquilo que deve precisamente ser informado com clareza. Fugir das definições cruciais ao estudo, no seu texto, pode indicar sua fragilidade teórica ou sua insegurança enquanto pesquisador(a).

Observe que até um termo supostamente bem definido ou entendido pelo público em geral deve ser definido em um trabalho acadêmico, para que o(a) leitor(a) tenha um entendimento preciso do que se quer dizer com tal termo no estudo ou na área específica em questão. Veja o seguinte exemplo*:

Existe um grande debate acerca da definição do idoso. Neste estudo, define-se idoso com base em um limite etário, limite esse que determina o momento a partir do qual os indivíduos estão mais propensos a apresentar sinais de senilidade e incapacidade física ou mental. A princípio, considera-se o limite etário sugerido pelas Nações Unidas que julga coerente considerar como idoso, em países em desenvolvimento, pessoas com 60 anos e mais. Mais adiante, este corte de idade será re-avaliado com base na análise descritiva dos dados.

Veja que aqui o termo definido (idoso) parece de comum entendimento para o público em geral. No entanto, os autores já iniciam sua definição mostrando que não há um consenso tão bem definido nesse sentido, e então apresentam a definição que será usada no seu estudo. Essa definição será importante para as escolhas de métodos a serem usados e também para a análise de resultados. Uma pessoa que esteja lendo o estudo pela primeira vez poderá supor, por exemplo, que pessoas até 59 anos não foram consideradas para o levantamento de dados da pesquisa.

Observe também que a definição dada não foi simplesmente proposta sem qualquer fundamento. Pelo contrário: os autores se baseiam em definições anteriores e bem respeitadas para estabelecer o que vai ser entendido como idoso no seu estudo. Isso é muito importante na escrita acadêmica, principalmente para pesquisadores que estejam iniciando seu trajeto na academia, pois demonstra conhecimento mais amplo da área de estudo e embasamento teórico cuidadoso para os termos que serão utilizados.

*Fonte: NEPOMUCENO, M. R.; TURRA, C. M. Expectativa de vida saudável no Brasil com base no método intercensitário. In: ENCONTRO NACIONAL DE ESTUDOS POPULACIONAIS, 18., 2012, Águas de Lindóia-SP. Anais... Águas de Lindóia-SP: ABEP, 2012. p. 1-20.

Próxima página