Audiência

Ao escrever um texto acadêmico deve-se ter em mente o leitor em potencial do texto. Esse leitor em potencial é variado: pode ser um membro de banca examinadora, um(a) aluno(a) de pós-graduação, um(a) docente preparando uma disciplina, ou um(a) pesquisador(a) que lê artigos publicados em periódicos. Ou então o seu leitor será simplesmente um leigo no assunto, cientificamente falando, mas que se interessa pela temática.

Assim, seu texto acadêmico deve ser escrito de tal modo que o seu leitor consiga ler com sucesso. Ou seja, ele(a) deve conseguir entender os conceitos e abordagens, acompanhar o desenvolvimento de sua argumentação, perceber de que ponto você parte e onde quer chegar, acompanhando seu pensamento desde suas perguntas de pesquisa e objetivos até suas discussões e conclusões atingidas.

Portanto, seu leitor não deve ser projetado unicamente como aquela banca especializada no assunto. Projete um leitor a quem você está explicando o que sabe, ou seja, o que você (e não o leitor) investigou.

Na prática, isso significa que você não deve supor que o seu leitor sabe tudo. Ou seja, é sempre necessário que você defina termos; estabeleça claramente seus argumentos; explique citações e as relacione com o seu texto; e apresente seus dados, resultados e análises da forma mais clara possível.

Próxima página